31 de janeiro de 2016

Nuvens que passam




O dia amanhecera ensolarado. Nos quintais, a criançada se divertia, correndo, rindo esse riso solto de quem sonha venturas.

De repente, o vento se fez forte, açoitando a copa das árvores, arrancando-lhes folhas da cabeleira verde e espessa, jogando-as à distância, Parecia que, de repente a houvesse enlouquecido e, desgrenhada, uivasse pelas ruas e praças, obrigando os transeuntes a procurarem abrigo.

O céu se cobriu de nuvens escuras, prenunciadoras de chuvas e o dia se fez noite, em plena manhã.

Depressa se fecharam janelas, se recolheram pertences.

Dos céus jorraram águas abundantes, fustigadas pela ventania, que as arremessava, com força inclemente, contra as casas, os muros, as grandes árvores.

Foram somente alguns minutos. Depois, os relâmpagos se apagaram e a chuva parou.

Uma grande quietude invadiu a natureza. A ramagem verde sacudiu as últimas gotas d´agua, o vento bocejou cansado, recolhendo-se.

Algumas horas passadas e o sol voltou a sorrir raios de calor e luz.
Quem olhasse para o céu iluminado, dificilmente acreditaria que há pouco a borrasca se fizera violenta.

Assim também é na vida.

Os momentos de lutas e de bonança se alternam.

Quando o sofrimento chega, em forma de enfermidade, solidão, desemprego, morte dos afetos mais chegados, tamanha é a dor, que deixa em frangalhos o coração.

Acreditas que não haverá mais esperança, nem amanhã, nem alegrias. Nunca mais.

Tudo é sombrio. As horas, os dias, os meses se arrastam pesados. A impressão que tens é que nada, jamais, porá fim ao fustigar das dores.

Contudo, tudo passa como a chuva rápida do verão, logo substituída pelos raios do sol.

E transcorrido algum tempo, ao lembrares daquele período de dores, dirás a ti mesmo: Meu Deus, nem acredito que passei por tudo aquilo. Até parece um sonho distante.

Porque tudo passa na vida, porque tudo é transitório, passageiro, não percas a esperança.

O que hoje é, amanhã poderá ter feição diferente, deixar de ser.


Acima de tudo, recorda que o amor de Deus te sustenta a vida e não há, no Universo, força maior do que a presença de Deus atuando favoravelmente.

Dessa forma, quando a inclemência das dores te fustigarem a alma, recolhe-te à meditação e ouvirás o pulsar do Cosmo.

No silêncio identificarás as vozes da Imortalidade te falando aos ouvidos da alma, dizendo-te da vitória que haverás de alcançar.

Refugiando-te na oração, dialogarás com Deus, com a intimidade do filho ao pai ou ao coração de mãe.

Não entregues a batalha a meio. Prossegue. Embora as nuvens carregadas de dissabores que possam te envolver, lembra que logo mais, amanhã, outro dia, em algum momento, o sol voltará a brilhar.


Sol em tua alma, em tua vida. Pensa nisso e aguarda um tanto mais, antes de te entregares à desesperança.

Deus tem certeza do teu triunfo e da conquista plena de ti mesmo.

Confia Nele.

Redação do Momento Espírita.
Disponível no CD Momento Espírita, v. 20, ed. FEP.

21 de janeiro de 2016

Em Algum Lugar




Em algum lugar do passado você existiu para mim, e eu já sabia que assim virias... 

Em algum lugar do passado, fomos, nós dois, brisa fresca, rosas em flor... 

Em algum lugar do passado, te amei, te guardei, você me amou e cativou... 

Em algum lugar do passado, nossos corpos e corações foram um só, melodia interminável de nosso amor sem fim... 
 
Em algum lugar do passado, nos deixamos com a certeza do reencontro,
Como sabemos agora, que nos encontramos... 
 
Em algum lugar do passado, prometemos jamais nos esquecer
E, agora, no presente, carregamos sempre viva as lembranças deste tão sublime querer... 
 
Em algum lugar do passado, fomos felizes, como a flor e a raiz, o mar e a areia, deste amor sem igual... 
 
Em algum lugar do passado, dançamos com o vento, corremos pela praia tivemos sonhos vindouros deste amor infinito que jamais nos deixaria... 
 
Em algum lugar do presente, nos reencontramos...


Palavras e atitudes que despertam as lembranças das almas, que sabiam se conhecer... 
 
Em algum lugar do presente, olhares, gestos, toques, sensações indescritíveis, que somente nossos corações identificam... 
 
Em algum lugar do presente, saberemos o que somos e o que fomos:  Luz do sol, Amor verdadeiro, nesta busca insaciável de nós dois...
 
Em algum lugar do passado...
Em algum lugar do presente...

No devido tempo, em algum lugar do universo,
Vamos nos reencontrar.

"A Vida Anda!"

Autor desconhecido...

Fonte: Fórum Espírita.

18 de dezembro de 2015

A dor da Mágoa


Quando a mágoa e a ingratidão ferirem o seu coração, não se lamente, eleve seu pensamento a Deus, ele lhe fortalecerá.

O que será uma pessoa sente quando magoa alguém intencionalmente?

Não se iluda, em sua vida você vai encontrar muitas pessoas falsas e o que é pior elas estarão exatamente entre aquelas que você mais acredita e confia.

Aquele que te magoa e te ofende será punido pela própria dor da culpa.

Tenha coragem, supere a mágoa e a vingança, elas são emoções infelizes e devem ser esquecidas.

O resultado do adoecimento das relações humanas é a mágoa. É um sentimento de amargura que se instala no coração e na alma promovendo a perturbação, o sofrimento e o arrependimento (muitas vezes tarde demais).

Lembre-se sempre, a Vida Anda, portanto, cuidado com as sua atitudes! 

Tente não magoar as pessoas, principalmente aquelas que só lhe fizeram e/ou fazem o BEM.

Izzo Rocha


13 de dezembro de 2015

Você Aprende...

             

Depois de algum tempo, você aprende a diferença, a sutil diferença, entre dar a mão e acorrentar uma alma.

E você aprende que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança.

E começa a aprender que beijos não são contratos e presentes não são promessas.

E começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança.

E aprende a construir todas as suas estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão.

Depois de um tempo você aprende que o sol queima se ficar exposto por muito tempo.

E aprende que não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam.

E aceita que não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la, por isso.

Aprende que falar pode aliviar dores emocionais.

Descobre que se levam anos para se construir confiança e apenas segundos para destruí-la, e que você pode fazer coisas em um instante das quais se arrependerá pelo resto da vida.

Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias.

E o que importa não é o que você tem na vida, mas quem você tem na vida. E que bons amigos são a família que nos permitiram escolher.

Aprende que não temos que mudar de amigos se compreendemos que os amigos mudam, percebe que seu melhor amigo e você podem fazer qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos.

Descobre que as pessoas com quem você mais se importa na vida são tomadas de você muito depressa, por isso sempre devemos deixar as pessoas que amamos com palavras amorosas, pode ser a última vez que as vejamos.

Aprende que as circunstâncias e os ambientes tem influência sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos. Começa a aprender que não se deve comparar com os outros, mas com o melhor que pode ser.

Descobre que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que quer ser, e que o tempo é curto.

Aprende que não importa onde já chegou, mas onde está indo, mas se você não sabe para onde está indo, qualquer lugar serve.

Aprende que, ou você controla seus atos ou eles o controlarão, e que ser flexível não significa ser fraco ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação, sempre existem dois lados.

Aprende que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer, enfrentando as conseqüências.

Aprende que paciência requer muita prática. Descobre que algumas vezes a pessoa que você espera que o chute quando você cai é uma das poucas que o ajudam a levantar-se.

Aprende que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que se teve e o que você aprendeu com elas do que com quantos aniversários você celebrou.

Aprende que há mais dos seus pais em você do que você supunha. Aprende que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são bobagens, poucas coisas são tão humilhantes e seria uma tragédia se ela acreditasse nisso.

Aprende que quando está com raiva tem o direito de estar com raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel.

Descobre que só porque alguém não o ama do jeito que você quer que ame, não significa que esse alguém não o ama, contudo o que pode, pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar ou viver isso.

Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém, algumas vezes você tem que aprender a perdoar-se a si mesmo.

Aprende que com a mesma severidade com que julga, você será em algum momento condenado.

Aprende que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não pára para que você o conserte.

Aprende que o tempo não é algo que possa voltar para trás.

Portanto... plante seu jardim e decore sua alma, ao invés de esperar que alguém lhe traga flores. E você aprende que realmente pode suportar... que realmente é forte, e que pode ir muito mais longe depois de pensar que não se pode mais. E que realmente a vida tem valor e que você tem valor diante da vida!

Nossas dádivas são traidoras, e nos fazem perder o bem que poderíamos conquistar, se não fosse o medo de tentar.

William Shakespeare



Lembre-se, A Vida Anda




5 de dezembro de 2015

O Valor das Pessoas

              

Muitas vezes não valorizamos as pessoas que nos rodeiam e que merecem atenção, respeito, orgulho e reconhecimento por tudo que representam e proporcionaram em nossas vidas.

Por incrível que possa parecer, em muitos casos, até mesmo sem perceber, facultamos mágoa e tristeza a estas pessoas.

Não valorizar e não respeitar as pessoas que merecem e que amamos é algo que acontece constantemente. Porque será que agimos assim?

Na vida existem perguntas difíceis e complexas de responder, porém o “Tempo” traz as respostas e revela todos os segredos do comportamento humano.

Afinal, qual o valor e o que representa pra nós uma amizade, um amor?

Não tenha dúvida, muitas vezes somos especiais para alguém, não pelo nosso caráter ou pelo que somos como ser humano, mas apenas pelo interesse que esta pessoa tem em receber vantagens que de algum modo possamos proporcionar. Infelizmente isto é muito comum, é uma realidade.

Por outro lado, somente descobrimos e reconhecemos o “Valor de uma Pessoa” quando ela vai embora definitivamente, seja pela desistência dela de nós ou pelo próprio encerramento da vida.  É neste momento que surge o arrependimento, o remorso e um sofrimento eterno, pelo reconhecimento tardio do nosso erro, da nossa falha.

Não espere o amanhã para pedir perdão, pra dizer eu te amo, estou com saudades.  De repente poderá ser tarde demais e nunca mais terá esta oportunidade.  Ame as pessoas enquanto existe a vida e não depois que elas partirem.

O hoje, o agora existem, o amanhã não sei!

Pense nisso,

Izzo Rocha

29 de novembro de 2015

Sucesso Profissional


Para ser um profissional de sucesso você precisa aprender a superar as adversidades existentes.

O sucesso pessoal e empresarial é dependente da motivação, sem ela não existem vontades e desafios, o que torna a conquista algo difícil de ser alcançada.

Faça acontecer, não espere pelos outros. Colhemos o que plantamos, é apenas uma questão de tempo.

Seja multifuncional, estude sempre, aprenda no mínimo o básico de tudo que puder.

Pertença ao time de "Guerreiros da Vida", lute sempre, jamais desista. O verdadeiro campeão é aquele que acredita na vitória.

Lembre-se, em certos momentos da vida somos obrigados a recuar para em seguida avançarmos com mais garra, determinação e estratégia, ou seja, precisamos “RECUAR PARA VENCER”.

Em tudo na vida, é você quem estabelece o seu limite. Ao se tornar um limitado, a culpa é sua.

"Frases e Pensamentos de autoria de Izzo Rocha."


15 de novembro de 2015

A Águia


Algumas vezes precisamos nos resguardar por um tempo para nos desprendermos de lembranças, costumes e tradições que nos causaram dor e assim iniciarmos um processo de renovação em nossa vida.


3 de novembro de 2015

Consciência Pesada



O vídeo acima apresenta uma linda canção exaltando o poder e o amor de Deus. Para quem tem problemas de consciência ela faz um enorme bem à Alma.
Consciência pesada aflige quem tem mania de perfeição

Parar de julgar o próximo é o primeiro passo para se livrar do peso.

A tristeza toma conta e os sentimentos de culpa parecem que nunca mais vão desaparecer. Suas atitudes vêm à tona feito um filme e você fica pensando por que não agiu de uma forma melhor ou por que não conseguiu controlar os sentimentos.

A consciência pesada faz bem mais do que afligir suas emoções e pode, inclusive, desencadear problemas para saúde.

"A consciência pesada surge porque podemos enganar a todos ao nosso redor, mas dificilmente conseguimos enganar a nós mesmos, e o nosso inconsciente vai gerando incômodos", afirma o psicoterapeuta e especialista do Minha Vida, Crris Allmeida.

Tentamos fugir disso, mas lá no fundo, sabemos que algo esta errado. Então, ora sentimos o peso desta culpa, ora tentamos fugir dela. O temperamento fica oscilando e o humor fica mais vulnerável .

As reações que essa situação provoca são diversas e podem comprometer seriamente o emocional de uma pessoa.

Tristeza, desânimo, falta de motivação e uma vontade de sumir tomam conta dos seus pensamentos. Você tende a se isolar, diz o psicoterapeuta.

Mas ele explica que isso não é uma regra geral, e existem pessoas que conseguem disfarçar esses sentimentos.

"Algumas pessoas, para dissimular, tornam-se mais tagarelas, mais falantes e, aparentemente, descontraídas, mas com uma marca de tensão muito evidente no olhar e na postura corporal", alerta o especialista, que afirma que algumas pessoas podem se entregar ao álcool ou a qualquer outra droga em situações de crise.

Outro problema de quem vive com esse sentimento está na queda do sistema imunológico, que deixa uma pessoa com a saúde vulnerável.

"Quando ficamos tristes, nos sentimemos culpados, irritados e com uma continua oscilação de humor, sofremos uma queda brusca no sistema imunológico, o que pode afetar seriamente nossa saúde", explica.

As pessoas que mais sofrem com a consciência pesada são aquelas que exigem demais de si e buscam acertar o tempo todo, esquecendo que erros podem ser cometidos por mais que se lute contra eles.

Esse sentimento depende do quanto uma pessoa é rígida e severa com seus próprios pontos de vista.
"Normalmente o perfeccionista, o autoritário e o puritano estão no grupo que mais sofre de consciência pesada, já que são os que cobram certas atitudes dos outros.

Assim, quando eles mesmos são traídos por suas próprias ações - afinal, ninguém é perfeito a cobrança e o peso são muito maiores", ressalta Chris Allmeida.

Para se livrar desse sentimento, precisamos primeiro parar de julgar as ações dos próximos e aprender que ninguém é perfeito.

A primeira atitude é "pegar leve consigo mesmo". Ou seja, nem sempre temos todas as respostas.

Nem sempre iremos agir da melhor maneira possível. Mas, somos seres humanos, carregando nossas falhas e limitações.

Aceitar que não podemos tudo é o primeiro passo. O segundo ponto é parar de ser tão taxativo com os outros.

"Quando somos menos exigentes com as pessoas que nos cercam estamos automaticamente nos tornando mais camaradas com nossas próprias imperfeições", diz o psicoterapeuta.

Prevenir esse sentimento não é tão difícil, com apenas algumas atitudes, deixamos a consciência pesada bem longe.

"Podemos começar analisando as situações antes de embarcar em projetos, ações ou sentimentos. Outro ponto é praticar o não julgamento em relação aos outros e em relação a nós mesmos", diz Chris Allmeida.

Quer reconhecer alguém que está com a consciência pesada? Basta prestar atenção em alguns detalhes e ficar atento as reações dessa pessoa.

"Um indivíduo que está com a consciência pesada pode tentar dissimular a situação, mas algumas ações revelam este comportamento: necessidade de ficar agradando a todos, mania de limpeza ou até mesmo aquela pessoa que evita a todo custo falar qualquer coisa sobre ela", finaliza o especialista do MinhaVida.

Fonte: MINHA VIDA

"Só tem consciência pesada aquele que sabe que não só enganou ao próximo como a si próprio e só agora percebeu o quão intensas podem ser as palavras quando ditas de modo errado". (Mariane Santos Lima).



25 de outubro de 2015

Há Pessoas que Passam pela nossas Vidas...





Todas as pessoas que passam pelas nossas vidas deixam as suas marcas num ir e vir infinito.
As que permanecem é porque simplesmente doaram seus corações para entrar em sintonia com a nossas almas.
As que se vão nos deixam um grande aprendizado .Não importa que tipo de atitude tiveram, mas com elas aprendemos muito...
Com as vaidosas e orgulhosas aprendemos que devemos ser humildes.
Com as carinhosas e atenciosas aprendemos a ter gratidão.
Com as duras de coração aprendemos a dar o perdão.
Com as pessoas que passam pelas nossas vidas  aprendemos também a
Amar e de várias formas. Com amizade, com dedicação, com carinho,
com atenção, com atração, com paixão ou com desejo ...
Mas nunca ninguém nos ensinou e nunca aprenderemos como reagir diante
da "SAUDADE" que algumas pessoas deixam em nós.

Autor Desconhecido

15 de outubro de 2015

O Tempo



A vida é o dever que nós trouxemos para fazer em casa. 
Quando se vê, já são seis horas! 
Quando de vê, já é sexta-feira! 
Quando se vê, já é natal... 
Quando se vê, já terminou o ano... 
Quando se vê perdemos o amor da nossa vida. 
Quando se vê passaram 50 anos! 
Agora é tarde demais para ser reprovado... 
Se me fosse dado um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio. 
Seguiria sempre em frente e iria jogando pelo caminho a casca dourada e inútil das horas... 
Seguraria o amor que está à minha frente e diria que eu o amo... 
E tem mais: não deixe de fazer algo de que gosta devido à falta de tempo. 
Não deixe de ter pessoas ao seu lado por puro medo de ser feliz. 
A única falta que terá será a desse tempo que, infelizmente, nunca mais voltará.
Mario Quintana


“O tempo não para. Só a saudade é que faz as coisas pararem no tempo”. 
(Mário Quintana)

12 de outubro de 2015

Nossa Senhora da Imaculada Conceição Aparecida

A história de Nossa Senhora da Conceição Aparecida tem seu início pelos meados de 1717, quando chegou a notícia de que o Conde de Assumar, D.Pedro de Almeida e Portugal , Governador da Província de São Paulo e Minas Gerais, iria passar pela Vila de Guaratinguetá, a caminho de Vila Rica, hoje cidade de Ouro Preto - MG.


Convocado pela Câmara de Guaratinguetá, os pescadores Domingos Garcia, Filipe Pedroso e João Alves saíram a procura de peixes no Rio Paraíba. Desceram o rio e nada conseguiram. Depois de muitas tentativas sem sucesso, chegaram ao Porto Itaguaçu.

João Alves lançou a rede nas águas e apanhou o corpo de uma imagem de Nossa Senhora da Conceição sem a cabeça. Lançou novamente a rede e apanhou a cabeça da mesma imagem. Daí em diante os peixes chegaram em abundância para os três humildes pescadores.

Durante 15 anos seguidos, a imagem ficou com a família de Felipe Pedroso, que a levou para casa, onde as pessoas da vizinhança se reuniam para rezar. A devoção foi crescendo no meio do povo e muitas graças foram alcançadas por aqueles que rezavam diante a imagem.

A fama dos poderes extraordinários de Nossa Senhora foi se espalhando pelas regiões do Brasil. A família construiu um oratório, que logo tornou-se pequeno. Por volta de 1734, o Vigário de Guaratinguetá construiu uma Capela no alto do Morro dos Coqueiros, aberta à visitação pública em 26 de julho de 1745. Mas o número de fiéis aumentava, e, em 1834 foi iniciada a construção de uma igreja maior (atual Basílica Velha).

No ano de 1894, chegou a Aparecida um grupo de padres e irmãos da Congregação dos Missionários Redentoristas, para trabalhar no atendimento aos romeiros que acorriam aos pés da Virgem Maria para rezar com a Senhora "Aparecida" das águas.

A 8 de setembro de 1904, a Imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida foi coroada, solenemente, por D. José Camargo Barros. No dia 29 de Abril de 1908, a igreja recebeu o título de Basílica Menor.

Vinte anos depois, a 17 de dezembro de 1928, a vila que se formara ao redor da igreja no alto do Morro dos Coqueiros tornou-se Município. E, em 1929, nossa Senhora foi proclamada RAINHA DO BRASIL E SUA PADROEIRA OFICIAL, por determinação do Papa Pio XI.

Com o passar do tempo, a devoção a Nossa Senhora da Conceição Aparecida foi crescendo e o número de romeiros foi aumentando cada vez mais. A primeira Basílica tornou-se pequena.

Era necessário a construção de outro templo, bem maior, que pudesse acomodar tantos romeiros. Por iniciativa dos missionários Redentoristas e dos Senhores Bispos, teve início em 11 de Novembro de 1955 a construção de uma outra igreja, atual Basílica Nova.

Em 1980, ainda em construção, foi consagrada pelo Papa João Paulo ll e recebeu o título de Basílica Menor. Em 1984, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) declarou oficialmente a Basílica de Aparecida:Santuário Nacional; "maior Santuário Mariano do mundo".




O Padre Francisco da Silveira, que escreveu a crônica de uma Missão realizada em Aparecida em 1748, qualificou a imagem da Virgem Aparecida como “famosa pelos muitos milagres realizados”. E acrescentava que numerosos eram os peregrinos que vinham de longas distâncias para agradecer os favores recebidos. Mencionamos aqui três grandes prodígios ocorridos por intercessão de Nossa Senhora Aparecida. 

O primeiro prodígio, sem dúvida alguma, foi a pesca abundante que se seguiu ao encontro da imagem. Não há outras referências sobre o fato a não ser aquela da narrativa do achado da imagem: “E, continuando a pescaria, não tendo até então pego peixe algum, dali por diante foi tão abundante a pesca, que receosos de naufragarem pelo muito peixe que tinham nas canoas, os pescadores se retiraram as suas casas, admirados com o que ocorrera.” 

Entretanto, o mais simbólico e rico de significativo, sem dúvida, foi o milagre das velas pela sua íntima relação com a fé. Aconteceu no primitivo oratório do Itaguaçu, quando o povo se encontrava em oração diante da imagem. 

Numa noite, durante a reza do terço, as velas apagaram-se repentinamente e sem motivo, pois não ventava na ocasião. Houve espanto entre os devotos e, quando Silvana da Rocha procurou acendê-las novamente, elas se acenderam por si, prodigiosamente. 

Significativo também é o prodígio das correntes que se soltaram das mãos de um escravo, quando este implorava a proteção da Senhora Aparecida. Existem muitas versões orais sobre o fato. Algumas são ricas em pormenores. O primeiro a mencioná-lo por escrito foi o Padre Claro Francisco de Vasconcelos, em 1828.

A pesca milagrosa

A Câmara Administrativa de Guaratinguetá decidiu e pronto. A época não era favorável à pescaria mas os pescadores que se virassem. O Conde tinha que provar do peixe do rio Paraíba.

E a convocação foi lida em toda a redondeza. João Alves, Domingos Garcia e Felipe Pedroso, moradores de Itaguaçu, pegaram seus barcos, suas redes e se lançaram na difícil tarefa. Remaram a noite toda sem nada pescar.

No Porto de Itaguaçu, lançaram mais uma vez as redes. João Alves sentiu que a sua rede pesava. Serão peixes? Puxou-a. Não. Não eram peixes. Era o corpo de uma imagem. Mas ... e a cabeça, onde estava? Guardou o achado no fundo do barco. Continuaram tentando achar peixes.

De repente, na rede do mesmo pescador, uma cabeça enegrecida de imagem. João Alves pegou o corpo do fundo do barco e aproximou-o da cabeça. Justinhos. Aquilo só podia ser milagre. Benzeram-se e enrolaram os pedaços num pano. Continuaram a pescaria. Agora os peixes sabiam direitinho o endereço de suas redes. E foram tantos que temeram pela fragilidade dos barcos...

O milagre das velas

Depois que chegaram da pescaria onde encontraram a Senhora, Felipe Pedroso levou a imagem para sua casa conservando-a durante 5 anos.

Quando de sua mudança para o bairro da Ponte Alta deu a imagem a seu filho Athanásio Pedroso que morava no Porto de Itaguaçu bem perto de onde seu pai Felipe Pedroso, João Alves e Domingos Garcia haviam encontrado a imagem.

Athanásio fez um altar de madeira e colocou a Imagem Milagrosa da Senhora Aparecida. Aos sábados seus vizinhos se reuniam para rezar um terço em sua devoção. Em certa ocasião, ao rezar o terço, 2 velas se apagaram no altar de Nossa Senhora, o que era muito estranho, pois aquela noite estava muito calma e não havia motivo para o acontecimento.

Silvana da Rocha, que no dia acompanhava o terço, quiz acender as velas, porém, as mesmas se acenderam sem que ninguém as tocasse, como um perfeito milagre. Desta data em diante a Imagem Milagrosa de Nossa Senhora Aparecida deixou de pertencer à família de Felipe Pedroso para ficar pertencendo a todos nós, devotos da Santa Milagrosa.

Romeiros de Nossa Senhora Aparecida

Dos milhões de romeiros que visitam o Santuário Nacional de Aparecida, muitos são portadores de angústia, outros tantos, da esperança. Esperança de cura, de emprego, de melhores dias, de paz. 

Eles chegam de ônibus, de carro, de trem (em tempo passado), de moto, de bicicleta, a cavalo e a pé. São pobres e ricos; são cultos e ignorantes; são homens públicos e cidadãos comuns. Aqui estiveram o Papa, príncipes, princesas, presidentes, poetas, padres, bispos, prioras, patrões e empregados. Vieram os pescadores.

Muitos cumprem um ritual que começou com seus avós e persiste até hoje. Outros vêm pela primeira vez. Ficam perplexos diante do tamanho do Santuário e de sua beleza. A Imagem os extasia. 

A fé traz o romeiro a Aparecida leva-o a comportamentos de pincéis famosos, câmaras e versos imortais. Olhos que buscam, vasculham ou se fecham para ler as mensagens secretas que trazem na alma. Lábios que balbuciam ave-marias, atropeladas pela pressa das muitas intenções.

Mãos que seguram as contas do rosário, a vela, o retrato, as flores, o chapéu. Joelho que se dobram e se arrastam, em atitude de total despojamento. Pés cansados pela procura de suas certezas. Coração nas mãos em forma de oferenda. Na alma, profundo senso do sagrado.

O chão que pisam, a porta que transpõem, as pessoas que aqui residem, tudo tem para eles significado transcendente. Este é o romeiro de Nossa Senhora Aparecida. Alma pura, simples, do devoto que acredita, que se entrega à proteção dos céus, sem dúvidas ou restrições.
A Consagração a Nossa Senhora, que fazemos todos os dias, é uma entrega de nós mesmos a ela, como um filho ou filha que se joga nos braços da Mãe, para que ela cuide de nós, fazendo-nos felizes e bons discípulos de Jesus.

Pe. Antonio Queiroz dos Santos, C.Ss.R.
Fonte: http://www.santuarionacional.com


8 de outubro de 2015

Ponte Sobre Águas Turbulentas



Quando você está enfraquecida, sentindo-se pequena
Quando as lágrimas estiverem em seus olhos
Eu enxugarei todas elas
Estou ao seu lado
Oh, quando os tempos se tornarem  tempestuosos
E os amigos simplesmente não podem ser encontrados
Como uma ponte sobre águas turbulentas
Eu me estenderei
Como uma ponte sobre águas turbulentas
Eu me estenderei
Quando você está pra baixo e desligada
Quando você está nas ruas
Quando a noite cair, de forma tão dura
Eu te confortarei
Eu assumirei sua parte
Oh, quando a escuridão vier
E a dor estiver toda ao redor
Como uma ponte sobre águas turbulentas
Eu me deitarei
Como uma ponte sobre águas turbulentas
Eu me deitarei
Navegue, garota prateada,
Navegue o seu caminho
Seu tempo de brilhar chegou
Todos teus sonhos estão a caminho
Veja como eles brilham
Oh, se você precisar de um amigo
Eu estou navegando bem atrás de você
Como uma ponte sobre águas turbulentas
Eu aliviarei sua mente
Como uma ponte sobre águas turbulentas
Eu aliviarei sua mente.


29 de setembro de 2015

Recomeço



Observe a natureza, tudo nela é recomeço. No lugar da poda surgem os brotos novos.
Com a água, a planta viceja novamente. Nada para! 

A própria terra se veste diferentemente todas as manhãs. Isso acontece também com as pessoas.

A ferida cicatriza, as dores desaparecem, a doença é vencida pela saúde, a calma vem após o nervosismo, o descanso restitui as forças.

Recomece. Anime-se!

Se preciso, faça tudo novamente.

Assim é a vida !!!

25 de setembro de 2015

Diga o que o coração deseja!



É muito triste quando deixamos de dizer a uma pessoa o que sentimos verdadeiramente por ela. A vida é curta, cheia de surpresas e o tempo não volta.

Tenha coragem e humildade, não perca a oportunidade de dizer “Te Amo, Errei, Me Desculpe, Me Perdoe, Também Te Amo, Te Perdoo”. Não deixe que seja tarde demais!

Qualquer um de nós pode ir embora desta vida a qualquer momento sem nenhum aviso prévio.

Liberte-se do arrependimento eterno de não dizer o que sente por alguém, de não fazer o que deseja o seu coração. 

Tente dizer, você consegue!

Somente Deus conhece o nosso destino.

A Vida Anda!

Pense nisto!
Izzo Rocha

16 de setembro de 2015

Quem é Você? O que você é?




Horários, compromissos rígidos, correria para cumprir prazos, afobação para chegar no horário, angustia e ansiedade para cumprir seus compromissos financeiros e escapar de pesadas multas, preocupação constante para atingir suas metas. 

Esta é a vida da maioria de vocês, sempre correndo atrás do ilusório, do que não existe. É claro que muitas vezes é necessário cumprir metas e horários, ser organizado e respeitar os que os esperam. Mas na grande maioria das vezes tudo isto é planejado para lhes manterem ansiosos e angustiados.

Não é que as pessoas que definam estas regras estejam conscientes do que fazem, mas tudo faz parte de um grande sistema que afeta vocês em todos os níveis de organização.
Sua cultura é rígida, vocês não conseguem conceber um padrão que não seja rígido. Estão tão adestrados que não conseguem mais pensar diferente. Comportam-se como uma mula atrás da cenoura que fica pendurada na frente de seus olhos.

Vocês nunca chegarão lá, sempre surgirão novas necessidades. Quando conseguirem comprar seu carro, já estarão pensando no outro carro que é melhor. 

Adoram comprar o que não precisam, com um dinheiro que não possuem, para impressionar quem não conhecem, para parecer o que não são.

Passam suas vidas correndo atrás da cenoura. Passam suas vidas procurando pessoas fisicamente lindas como aquelas que vêem na televisão. E quando encontram começam a pensar que podem conseguir outra melhor.

Procuram tudo do lado de fora, não olham para dentro de vocês. Nada mais lhes serve, sempre precisam de mais.

A quem vocês servem desta maneira? Certamente não estão lutando pela felicidade de vocês. Estão lutando e vivendo pelas grandes corporações que lhes vendem os automóveis, as roupas bonitas, espelhos e bugigangas. Sim, exatamente como fizeram com seus índios, que foram colonizados e destruídos.

Parem um pouco, olhem para dentro de vocês, pensem o que vocês são e para onde estão indo. Você sabe quantos anos, dias ou segundos lhe resta de vida ? Logo você vai embora e não terá tido tempo de ser feliz. Não terá conseguido dizer às pessoas que estão ao seu lado o que sente por elas. Verá sua existência terminar e terá a consciência de tudo que não fez.

Esta é a maior angústia, o maior pavor que um ser humano pode sentir. Ver que seu tempo acabou e ter consciência do que não viveu, do que não fez e do que não disse. Ter a consciência de ter desperdiçado toda uma vida.

Não deixe que isto lhe aconteça, lembre-se de que tudo que você tem é o que está dentro de você, o que você sente e este instante presente. Tudo que você realmente tem é este instante, nada mais do que isto. Suas posses não são suas, seu automóvel não é seu, seu dinheiro é apenas um valor na memória de algum computador, suas dívidas também. Se você não sabe quem é, você realmente não tem nada ! Pode ter este instante, mas um instante sem consciência não é nada!

Então, comece olhando para dentro de você e tentando saber quem você é e porque faz o que faz. Quando conseguir fazer isto, será rico e terá tudo que você pode ter na vida, que é este exato instante. Pode não haver outro, tudo é transitório e impermanente !

Então celebre este instante, pois é tudo que você tem. Olhe para os lados, sinta-se interiormente e sinta-se nesta situação. O que faz aqui, quem está com você. Olhe cada pessoa ao seu redor e sinta que ela é uma parte de você, uma parte desta maravilhosa experiência de consciência.

Sinta que cada sensação que cada um sente também vai lhe enriquecer. Olhe a todos e a você como um só, integre-se ao todo e absorva toda esta maravilhosa sensação do todo e do nada. Voe, viaje, sorva cada sensação ao seu redor, deixe-se desaparecer e seja tudo. Esta é a verdadeira celebração deste agora que pode ser infinito.

Prama Shanti


Pergunte a si mesmo:

"Quando ninguém vê, quem é Você? O que você é?"

As vezes nos enganamos ou somos enganados por pessoas falsas e mentirosas cujo único objetivo é se aproveitarem da nossa boa fé e bondade. Infelizmente a vida é assim.


Frases de Reflexão:

“A primeira impressão é a que possibilita, a última impressão é a que fica.” (Izzo Rocha)



 "Como você se julga diante do seu caráter, é capaz de ter a  consciência tranquila?"(Izzo Rocha)

Nunca esqueça, "A Vida Anda"!

Izzo Rocha