21 de novembro de 2014

Viemos a este mundo...

Vamos partir do seguinte raciocínio: se viemos ao mundo é porque estávamos em outro lugar. Certamente, não era este mundo físico, donde se conclui que era outro tipo de mundo.

Alguns chamam esse outro mundo de espiritual outros de astral. Verifica-se que nós existíamos antes do nascimento. Mas, se não tínhamos um corpo físico, para viver no mundo espiritual, deveríamos ter um corpo, adequado àquele ambiente, e a lógica nos diz que só poderia ser um corpo espiritual.

Há uma vasta literatura que explica porque viemos a este mundo!

Todos nós podemos ter acesso a esses conhecimentos, pois não há mais fogueira para a queima de livros.

Para ser sintético, tentarei fazer uma analogia entre a nossa vida e a vida estudantil. Assim como o pai matricula seu filho na escola para que ele possa instruir-se e crescer intelectualmente, nosso pai, nos propicia um curso no qual cada existência corresponde a uma série escolar.

Conforme vamos assimilando os ensinamentos, somos promovidos, em nossa marcha evolutiva.

Todo sábio já foi uma criança analfabeta, assim como todo anjo já foi um demônio.

A Natureza não dá saltos (lembra?). E ninguém subirá se não for por seus próprios méritos.

Aproveite a vida para aprender e crescer espiritualmente.


Fonte: Laísa S.

20 de novembro de 2014

Ambição e Ganância

O dicionário Aurélio define do seguinte modo as palavras citadas:

Ambição - S. f.: 1. Desejo veemente de alcançar aquilo que valoriza os bens materiais ou o amor-próprio (poder, glória, riqueza, posição social, etc.). 2. Desejo ardente de alcançar um objetivo de ordem superior; aspiração, anelo. 3. Aspiração relativamente ao futuro. 4. Desejo intenso.

Ganância - S. f.: 1. Ambição de ganho. 2. Ganho ilícito; usura. 3. P. ext. Ambição desmedida.

Ganância e ambição andam de mãos dadas. Enquanto a ambição é a mola propulsora do sucesso, a ganância sai “atropelando” tudo e todos para alcançar seus objetivos. Ter ambição é desejar ardentemente; é depositar a mente e a vontade focalizadas num objetivo e se esforçar para que ele se concretize. Entretanto, a ambição sem medida apresenta um caráter muito negativo, pois foge aos limites da ética e do bom senso.

Todos nós precisamos cultivar um pouco de ambição em nossas vidas. Sem ela não há como traçar metas que nos levem ao sucesso, pois não encontraremos motivos para lutar e vencer.

O ganancioso é uma pessoa muito negativa, porque não consegue colocar limites em seus desejos. Suas atitudes são antiéticas e seus caminhos não são motivados pelo respeito ao próximo.

Quando ele conquista algo, esse algo logo perde o valor já que foi apenas um objeto a ser conquistado e não a realização de sua alma. Para este, a busca pelo sucesso é apenas um objeto a mais a ser colecionado: casas, lojas, fábricas, etc.

O homem ambicioso tem grandes planos, mas ao contrário do ganancioso, ele busca realizá-los de acordo com o chamado de sua alma.

Dentro essa ótica, o profissional e a empresa ambiciosos desejam ardentemente vencer, mas usam estratégias limpas, sem precisarem burlar as leis do país, roubar, e praticar atos ilícitos.

Uma coisa você não deve esquecer nunca:
Torna-te aquilo que fazes para o BEM ou para o MAL.

Izzo Rocha

19 de novembro de 2014

Quem pratica o BEM.....



“Olhe para o lado e veja quantos precisam de um simples apoio, de uma palavra, de uma ação da sua parte para aliviar uma angústia, uma tristeza. 
O que você está esperando?” 

(Izzo Rocha) 

17 de novembro de 2014

Perdoar...

Saber perdoar a si mesmo e a quem nos fez mal pode não ser fácil, exige maturidade. É uma atitude necessária para se libertar de rancores, evitar doenças e tocar a vida adiante.
Perdoar alguém que lhe fez mal acaba com um ciclo de pensamentos negativos, que só servem para nos derrubar. Perdoar limpa o coração da raiva e da mágoa.

Pense nisto!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...